Empresas e público se beneficiam com “Try to Buy” em Realidade Aumentada

Estamos perto do fim da fotografia em catálogos de produtos? O 3D está invadindo este e outros nichos? Entenda um pouco mais sobre esses assuntos e saiba ainda como sua empresa pode se beneficiar do Try to Buy!

Imagens 3D substituindo fotos em bancos de imagens e em catálogos de produtos na web? É o que discute uma notícia publicada pelo Lifewire, que destaca a compra do marketplace de imagens 3D Turbosquid pelagigante Shutterstock, um dos maiores repositórios de imagens da internet.

Uma das consequências desse fato tem a ver com essa tendência da qual falamos no início: imagens em 3D estão ganhando terreno de fotografias (e de seus fotógrafos, claro) em grandes repositórios e, principalmente, em companhias cuja representação web dos produtos depende de imagens fiéis.

Podemos relacionar parte desse movimento ao uso da realidade aumentada em catálogos e simulações, como parte de estratégias do tipo Try to Buy – também veremos sobre isso adiante!

Leia Mais
Executivo utiliza realidade aumentada para trabalhar e estudar

2021 será o ano da Realidade Aumentada?

A Realidade Aumentada desponta, em 2021, não mais como uma tecnologia “curiosa”, mas sim uma ferramenta de grande potencial para mudar a maneira como enxergamos inovação, entretenimento, negócios e educação.

O ano de 2021 será marcado por várias novidades no mercado de tecnologia, tendo suas marés alteradas principalmente por conta das consequências da pandemia. Veremos uma ênfase considerável em processos e ferramentas que permitam simulações digitais que imitam a vida real – é aí que entra a realidade aumentada!

A realidade aumentada já vem ganhando espaço ao longo dos anos ao permitir integração com o marketing e estratégias de venda no varejo, mas seu potencial tem se mostrado muito mais amplo.

Podemos dizer, então, que 2021 será o ano da realidade aumentada? Para tentar responder e refletir sobre a questão, elencamos alguns dos principais fatos que corroboram essa tese.

Leia Mais